• Joana Bicalho

Black Friday 2020: Recorde nas vendas online durante a pandemia

E-commerce nesse período registrou o maior crescimento desde 2014





As vendas online no período dos cinco dias das promoções da Black Friday registraram o maior crescimento em seis anos. De acordo com a Ebit|Nielsen, empresa global de medição e análise de dados, o faturamento alcançou R$ 6 bilhões, alta de 26,4% em relação à mesma data do ano passado. Ao todo, foram 10 milhões de pedidos com ticket médio de R$ 652.


O ritmo também foi intenso na Cyber Monday, último dia de promoção. Em relação ao ano passado, as compras cresceram 36%, totalizando 1,2 milhões de pedidos com valor médio de R$ 597.


Evolução do Faturamento da Black Friday no Brasil

Fonte: Ebit|Nielsen


As mudanças causadas pela pandemia da Covid-19 desde o mês de março fizeram com que uma parcela significativa dos brasileiros se adaptasse ao ambiente de compras online. Essa conduta fez com que as empresas investissem em estratégias e ofertas para turbinar as vendas via e-commerce durante a Black Friday e, assim, tentar reduzir o movimento nas lojas físicas.


De acordo com a pesquisa da Ebit|Nielsen, neste período de promoção, o consumidor priorizou comprar produtos que criassem ambientes mais confortáveis e adaptados à nova rotina imposta pela pandemia, como home office, ensino à distância e mais entretenimento.


Em relação ao volume de pedidos nos cinco dias, o segmento Casa e Decoração liderou o ranking, seguido por Moda e Acessórios, Eletrodomésticos, Perfumaria e Cosméticos, e Telefonia/Celulares. Já quanto ao faturamento, Eletrodomésticos ficou em primeiro, e na sequência, Telefonia/Celulares, Eletrônicos, Casa e Decoração e Informática.






10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo